8 de mar de 2017

Arrisque-se

|


Por quê temos tanto medo de arriscar em algo novo, seja relacionamento, trabalho ou a própria vida em si. Muitas vezes é por que já estamos machucados e temos medo de tentar de novo e retomarmos e sentirmos a mesma ferida que já passamos.
 Posso dizer que nos apegamos a essa ferida e deixamos de viver, sei como é isso, pois estou passando por essa situação. Então quando sofremos, nos apegamos a essa ferida de tal forma que ela acaba tomando conta de nós de tal forma que nos impede de viver, nos impede de arriscar, pois de uma forma na nossa cabeça ela fala: "Não se arrisque, não faça, pois você vai se ferir novamente e "eu" nunca irei sarar e irei te fazer mal, dessa vez sofrerá o dobro e ficarei jogando na sua cara tudo de novo,novamente e outra vez", é mais ou menos assim que acontece. Por experiência própria estou deixando de sentir e viver, me sinto insegura e medrosa, fico estressada e com raiva por tudo, as vezes me bate um desespero por essa "voz" não sair da cabeça, pode parecer loucura para uns, mas é a ferida aquela que nos apegamos e que convive conosco que faz passarmos por tudo isso, por todos esses sentimentos ruins e chega um tempo que não aguentamos mais e se não tomarmos uma providência a cada dia entraremos em um pequeno estado de loucura até que a gente acabe afastando todos que amamos e ficaremos sós, sem ninguém para conversar, para sair, sem ânimo para viver, pois deixemos essa ferida nos atingir mais e mais.

Uma coisa que eu sei, mas não coloco em prática (que é muito errado), é saber que sou ser humano e vivo na terra e que faz parte da vida nos ferirmos e ferir, é a lei natural e outra coisa importante, não somos os únicos que sofrem por um erro ou mágoa do passado, várias pessoas até as próximas de você sofrem, mas a maioria  (assim acredito eu), escolheram não "ouvir" a ferida e mandaram era "pastar", por que não existe nada mais magnifico do que viver, sem medo, sem insegurança.

O que eu quero e sim irei colocar em prática e quero que todos vocês que lerem esse post façam o mesmo é, ocupe a mente com coisas boas sei que é difícil, mas quando pensamentos de medo começarem a aparecer digam: "Eu sou mais que você e não tenho medo" e comecem a trabalhar para fechar essa ferida que tanto incomoda, é um trabalho árduo mas não é impossível, fale dos seus problemas, dos seus medos para alguém que confia e viva.


Por que viver é desatar nós. Não escute a ferida, mostre que quem manda é você no seu corpo e na sua mente.


6 de mar de 2017

Relacionamentos

|


Olá pessoas lindas, hoje irei falar sobre 5 coisas que aprendi com relacionamentos alheios. Não sou uma pessoa que tive vários namorados, na verdade só tenho um, mas acredite que tenho experiência com o relacionamento de outras pessoas. E é claro observando os relacionamentos e lendo livros específicos, acabei aprendendo e trazendo tudo isso para meu relacionamento. 
Então vamos começar:

1. Redes Sociais

Eu sei que é lindo postar fotos felizes nas redes sociais e compartilhar momentos, mas vamos combinar que toda hora é chato, fora que se o relacionamento não der certo, vai dar o maior trabalho para apagar as fotos depois. E inveja também tem facebook, instagram, etc. Então aprendam a preservar os momentos ao lado de seu amor, pode sim postar fotos, mas com cautela, tudo que é bom fazemos em off;

2. Paciência

É uma dádiva de Deus ter paciência. No nosso cotidiano a correria nos deixa sem paciência e acabamos brigando com a pessoa que amamos. Aprendam algo, estresse é normal, mas saibam que esse sentimento é passageiro e uma briga com quem amamos pode destruir anos de relação. Se estiver em um dia de cão e impaciente, fale com o seu namorado(a), que não estar em um momento bom e vai relaxar para esfriar a cabeça. Descontar a raiva em quem amamos é péssimo, sempre use a frase *Não faça com os outros, aquilo que você não quer que eles façam com você*;

3. Ciúmes

Quem não tem ciúmes que atire a primeira pedra. Ter ciúmes é normal, eu tenho do meu namorado, mas não demonstro e vou explicar o porquê:
* Quem tem ciúmes excessivo é porque não tem confiança em si mesmo, aprendam que na vida ninguém é de ninguém, você não tem posse sobre o outro. Entendo que quando gostamos temos medo de perder alguém, mas isso precisa ser superado, aconselho ler o livro de Augusto Cury "Mulheres Inteligentes, Relações Saudáveis", nele vocês irão entender meu ponto de vista ( faço depois um resumo, assim que terminar de ler). Por mais difícil que seja, aprendam a confiar no seu parceiro e em si próprio, pois se estão juntos é por que vocês tem algo a aprender, desfrute e viva intensamente, mas com ciúme moderado*;

4. Conversa

Pelo amor de tudo o que for mais sagrado, conversem sobre tudo com o seu parceiro, um bom dialogo, mantém uma relação saudável. Se estiver triste, alegre, querendo chorar, ou seja como for, se abra com ele(a). Até porquê namoro não é só sair de mãos dadas, é ter companheirismo, ter uma conversa aberta, mostra o quanto você gosta de expressar aquilo que sente, ou de simplesmente falar de algo que seja fútil para ele, mas que você considera importante. É na conversa que conhecemos nosso parceiro e também nos conhecemos. Saiba dialogar sobre tudo, pois assim o relacionamento se fortalecerá.

5. Ouvinte

Para uma boa conversa é necessário um bom ouvinte, não adianta conversamos com nosso parceiro se ele não escuta ou está distante. Sei que todos temos nosso momento de distração, mas quando estamos com quem amamos, é para estarmos com quem amamos, não para ficarmos pensando no trabalho do dia seguinte, na saideira com os amigos, o baba de sábado, etc. Esses momentos são únicos e ouvir tudo o que a pessoa tem a dizer é mágico, por mais bobo que seja, ele esta ali abrindo o seu coração e sendo o que realmente é. Aprenda a esquecer dos problemas, pois a sua pequena felicidade pode estar na sua frente e por um descuido e falta de atenção, pode acabar escorregando pelos seus próprios dedos.



É isso amores, em breve voltarei com mais 5 coisas que aprendi em relacionamento alheios, não falei tudo, pois o post iria ficar gigantesco, espero que tenham gostado, se gostarem ajudem a amiga blogueira aqui. Comentem pois só assim saberei se esse tipo de post agrada e para ir melhorando aos poucos.

Bye Bye- Driika Costa